Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

07
Out19

Trench-coat

O clássico que se usa sempre

Mónica Lice

Screen Shot 2019-10-04 at 09.40.29.png

 

O trench-coat nasceu em Inglaterra, em meados do Séc XIX, para ser usado pelos soldados britânicos, durante as lutas armadas e, mais tarde, na Primeira Guerra Mundial.

 

De facto, trench significa trincheira, em inglês, pelo que, traduzido à letra, trench-coat significa o “casaco das trincheiras”.

 

Há duas versões acerca de quem terá criado o primeiro Trench-Coat. A mais conhecida atribui a Thomas Burberry o mérito de ter sido o primeiro a criar esta peça de roupa. De facto, ele patenteou a sua própria gabardine por volta de 1879 e é desta marca as gabardines mais famosas e caras do mundo – que ainda hoje se mantém como verdadeiros objetos de desejo, um pouco por todo o mundo.

 

No entanto, há outra marca que reclama o mérito da invenção. Trata-se da  Aquascutum, cujo fundador, John Emary patenteou a sua primeira peça de roupa repelente de água em 1853 e, poucos mais depois, começou a lancer casacos já com traços de gabardines, à prova de água.

 

Independentemente da origem, todos pretendiam a mesma coisa: criar um casaco leve, funcional, que fosse quente quanto baste, e, ao mesmo tempo protegesse da chuva e não prendesse muito os movimentos.

 

O mesmo fez tanto sucesso, que saltou das trincheiras directamente para os guarda-roupas mais exigentes, fazendo sucesso até aos dias de hoje. E, por mais que mudem as tendências, esta peça já ascendeu ao lugar de clássico e entra sempre em várias coleções, quer de casas de moda de luxo, quer em marcas de fast fashion, mais acessiveis.

 

Claro que há sempre a versão Burberry, em bege, clássico, linda e, infelizmente, pouco acessível ao comum dos mortais. Mas há também um sem número de outras versões, de diferentes materiais e cores, com mais ou menos detalhes, que vão se adaptando às tendências do momento.

 

Protegendo da chuva, o trench-coat tem a vantagem de não ser, em regra e dependendo do material, demasiado quente – pelo que pode ser usado durante praticamente todo o ano.

 

Se não tem nenhum, o meu conselho é que experimente um trench da próxima vez que avistar algum, numa loja. Tenha cuidado com a questão do comprimento da peça, até porque os modelos mais longos são mais complicados de usar. Dê preferência a modelos mais curtos, que idealmente terminem, no máximo, alguns centímetros acima dos joelhos e escolha uma cor que combina consigo e com o seu guarda-roupa.

 

Claro que o bege é sempre uma opção segura e a mais clássica, para este género de peça. Mas se gostar mais de preto ou azul marinho, opte por um destes tons e eleja o seu modelo de eleição, com a certeza de que o irá usar bastante.

 

Imagem superior de um trench-coat Caroll.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D