Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

17
Fev18

O meu quarto solidário

Mónica Lice

IMG_6318.JPG

 

Quando a Conforama me desafiou a escolher o meu quarto ideal e, através desta ação, ter a oportunidade de ajudar uma ONG à minha escolha, nem pensei duas vezes!

 

Primeiro, porque sou apaixonada por decoração, e, segundo, porque pensei logo numa ONG de que gosto muito e que teria todo o gosto em conseguir ajudar, mais uma vez.

 

No que à decoração diz respeito, elegi um quarto e tentei personalizá-lo ao máximo, juntando-lhe elementos decorativos Conforama, para, desta forma, dar-lhe um ar mais pessoal e, julgo também, mais bonito e acolhedor.

 

Pessoalmente, gosto de quartos simples, em que o conforto ande de mãos dadas com o design, de modo a que o resultado final seja apaziguador e convide ao descanso. Cores fortes e berrantes, por norma, não combinam muito com o meu conceito de quarto, daí as escolhas que acabei por fazer (e que incluem MUITAS almofadas, como podem ver pelas imagens que começo agora a revelar...).

 

Quanto à ONG, pensei imediatamente na ASBIHP, Associação Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal, que é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que presta apoio a pessoas com Spina Bífida ou Hidrocefalia e suas famílias e com a qual já colaborei várias vezes.

 

E como é que a decoração se cruza com a Solidariedade? Eu explico...

 

A marca desafiou também a Ana Gomes, do blog A Melhor Amiga da Barbie, a decorar um quarto e a escolher uma ONG que gostasse de ajudar. E agora entram vocês. Como? Escolhendo o quarto que mais gostarem, de forma a determinar que Instituição recebe o prémio - que consiste em €1000 em produtos Conforama, à escolha da Instituição. E, ao fazê-lo, habilitam-se também a receber prémios (5 vales de desconto de €50, em compras no valor de €100).

 

Para tal, só têm de :

1. Seguir o Instagram da Conforama Portugal (@conforama_pt);

2. Seguir o meu Instagram (@monicalice);

3. Fazer like na fotografia que partilharei no meu Instagram amanhã, com detalhes do "meu quarto solidário";

4. Deixar um comentário criativo na foto e mencionar 2 amigos no mesmo.

 

A foto com mais likes e comentários vence - e a ONG vencedora será revelada no próximo dia 24 de fevereiro, sábado, a partir das 11h, na Conforama da Amadora. Eu estarei lá, tal como a Ana, ao lado dos nossos "quartos solidários", que serão desvendados na totalidade, nesse dia, e são todos convidados a passar por lá também! 

 

Se o fizerem, habilitam-se também a prémios, já que serão oferecidos através de um passatempo 5 vouchers de €50, a descontar em compras superiores a €100, em produtos na categoria de “descanso, colchões e quarto”.

 

O desafio está lançado! Ajudem-me a ajudar a ASBIHP e estejam atentas/os ao meu Instagram! Precisamos desses "likes" para ganhar! E marcamos encontro às 11h de dia 24 na Conforama da Amadora!

 

IMG_6238.JPG

 

IMG_6242.JPG

 

IMG_6245.JPG

 

IMG_6250.JPG

 

#DecoExperiencia

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

24
Nov17

Campanha McSorriso

Mónica Lice

boneca.jpg

 

Era uma vez uma menina, a Maria, que passava os dias a brincar com o seu cão Orelhas. Um dia, a Maria ficou doente, e teve que ir para um hospital longe de sua casa. Foi nessa altura que conheceu a Casa Ronald McDonald, que ficava perto do hospital e onde ficou durante o tempo do seu tratamento. A Mãe e o Pai da Maria estiveram sempre com ela, porque esta Casa era uma verdadeira “casa longe de casa”. Na Casa Ronald McDonald, a Maria conheceu o Pedro, um menino que também estava doente e que andava sempre vestido de pirata.

 

Hoje começo o post com a história da Maria e do Pedro, que podia bem ser a história de tantos e tantos meninos que, nos últimos anos, tem encontrado nas Casas Ronald McDonald "uma casa longe de casa" - um abrigo e porto seguro, para ajudar a suavizar os dias, menos felizes, pelo que estão a passar.

 

De facto, só quem vive longe dos grandes centros e tem que recorrer a eles por questões de saúde, deixando para trás casa, família, amigos e conhecidos, consegue dar valor ao trabalho e importância de espaços como as Casas Ronald McDonald.

 

Enquanto açoriana, que sabe bem o que custa ver familiares ir para o "continente", à procura dos tratamentos de saúde mais adequados, não deixo, por isso, de me emocionar ao escrever sobre Casas assim, sobre o apoio que dão, a crianças e adultos, e que não se consegue medir por palavras ou por números.

 

Para quem ainda não conhece, eu passo a apresentar: as Casas Ronald McDonald (uma em Lisboa e outra no Porto) e o Espaço Familiar Ronald McDonald (situado no Hospital Santa Maria em Lisboa), foram criados pela Fundação Infantil Ronald McDonald. Visam dar apoio a famílias deslocadas por questões de saúde, quando estas mais precisam, permitindo-lhes acompanhar de perto as suas crianças durante o período em que se encontram em tratamento hospitalar, e aí permanecendo, gratuitamente.

 

Para terem uma ideia da dimensão da ajuda que está em causa, no total, as duas Casas e o Espaço Familiar Ronald McDonald já acolheram mais de 1760 famílias em Portugal.

 

Toda a ajuda é necessária! E, para ajudar a Fundação Infantil Ronald McDonald a continuar a levar a cabo o seu trabalho de excelência, todos os restaurantes McDonald’s em Portugal, de 24 a 26 de novembro, juntam-se – na campanha McSorriso - com o objetivo de angariar fundos em prol da Fundação. Assim, durante estes três dias, por cada Menu ou McMenu Grande vendido, os restaurantes McDonald’s contribuem com 25 cêntimos para apoiar a Fundação e os seus projetos.

 

Fica a sugestão de ajuda e fica também o convite para que conheçam mais e melhor as Casas Ronald McDonald. Aqui encontram muita informação sobre as mesmas, bem como outras formas de ajuda possível.

 

Screen Shot 2017-11-20 at 15.09.32.png

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D