Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

26
Abr18

Cuidar do cabelo em casa

Mónica Lice

hair3.jpg

 

Trato dos meus cabelos há já alguns anos no Salão Maria Lourenço, em regra, com a própria, que sabe, como poucos, cortar cabelos com caracóis e perceber o que resulta melhor no meu cabelo.

 

Também é lá que faço a coloração. A idade e a genética determinam que já tenha vários cabelos brancos. Nada que me deixe muito desconfortável. No entanto, prefiro ir pintando, pois creio que resulta melhor assim.

 

Há algumas semanas, percebi que já está mesmo a necessitar de pintura. Como a Maria não estava no país, e tinha um compromisso de trabalho importante, decidi arriscar numa tinta que me tinham oferecido, e da qual já tinha ouvido falar maravilhas.

 

Já não pintava o cabelo em casa há alguns anos (a última vez tinha sido durante a gravidez da Laura e, honestamente, não tinha corrido muito bem). Desta vez, pedi ajuda a uma amiga com alguma prática, e recorri à Phytocolor Box da Phyto (uma tinta vegetal, mas que garante um resultado profissional), que vinha com um tom de castanho claro, próximo da minha cor natural do cabelo.

 

Esta é uma tinta permanente e convém frisar que, desde a primeira gravidez, passei a fazer apenas tom sobre tom. Com o fim das tintas permanentes, notei o cabelo MUITO mais saudável, menos seco e sem pontas espigadas.

 

Só cedi agora a colocar uma tinta permanente por conhecer quem pinta, há anos, o cabelo com esta tinta e ostentar um lindo cabelo, que nem parece pintado.

 

Por isso, a experiência com a da Phyto lá se fez, e com êxito, devo confessar. A ajuda da minha amiga foi fulcral para o resultado (sozinha receio que não resultasse tão bem), e toda a experiência acabou por ser bastante agradável - a tinta tem um perfume bastante suave e bom a plantas, e não é nada agressiva no couro cabeludo. Zero incómodos e zero cheiro desagradável!

 

Mas, e acima de tudo, os brancos ficaram cobertos e o cabelo ficou e continua com um ar saudável.

 

Convém salientar que a tinta também se vende sem ser neste kit, de edição limitada, e de preço mais elevado - encontram em farmácias, e está disponível em vários tons.

 

Da minha parte, por uma questão de comodidade (e fidelidade), é bem provável que a próxima coloração seja já na Maria Lourenço. De todo o modo, quando voltar a fazer em casa, esta será a tinta a escolher.

 

Posto isto, que cuidados tive e tenho, para preservar a coloração por mais tempo?

 

Usei e estou a terminar a embalagem pequena do Voile protecteur de couleur da gama PHYTOMILLESIME. Esta embalagem vinha no kit de coloração e o produto em causa visa proteger e sublimar a cor. Pode ser usado sempre que quisermos e não necessita de enxaguamento.

 

Também da mesma gama da Phyto é o Color Locker, para usar antes do champô. Como o próprio nome indica, este produto sela a cor no cabelo, evitando que desvaneça. E acreditem que resulta mesmo! 

 

hair2.jpg

 

No campo da lavagem, estou a usar e a gostar muito da nova marca do grupo Sisley Paris: a HAIR Rituel by Sisley. Quer o Soin Lavant, quer o Crème Démêlante Restructurante são produtos muito suaves, mas, ao mesmo tempo, concentrados e eficazes.

 

Visam tratar do cabelo e do couro cabeludo, já que assentam na filosofia da marca, de que o cabelo só está bonito e saudável se o couro cabeludo também o estiver.

 

Toda a gama é formada por plantas, pelo que não esperem champôs com espuma ou cheiros muito intensos. O perfume é bastante suave, mas extremamente agradável e faz parte da assinatura desta nova marca.

 

hair1.jpg

 

Para os caracóis, comecei agora a usar estes dois produtos de definição, da Schwarzkopf Professional. São da nova gama Mad about Curls (adoro o nome!) e são, por um lado, um Leite de controlo com óleos, para caracóis (em spray) e, por outro, um Creme de Definição de caracóis (que é aquele que mais tenho usado).

 

Estou a gostar da forma como deixam o meu cabelo, mas chamo a atenção para a necessidade de não colocar muito produto, de modo a conseguir um resultado mais bonito e natural.

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

1 comentário

Comentar post

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D