Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

26
Dez19

Como definir caracóis (12 dicas)

Mónica Lice

Depois de várias perguntas acerca do que costumo fazer para definir os meus caracóis, decidi dedicar um post completo ao tema, já que sei que há muitas meninas por aqui com um cabelo parecido com o meu.


Em primeiro lugar, convém salientar que cedo percebi que respeitar a natureza do meu cabelo era meio caminho andado para o ter bonito.


É verdade que fiz, na vida e no passado, um alisamento permanente. No entanto, e apesar de o ter, na altura, disciplinado, fiquei com um cabelo pouco bonito e sem grande vida. Não ficou totalmente liso ou sem volume, mas os caracóis que tinha desapareceram e, a médio prazo, fiquei convencida que nunca mais os teria. 

PhytoSpecific.JPG

 

 

Felizmente que assim não aconteceu e em boa hora percebi que o melhor é mesmo respeitar a natureza do meu cabelo e tirar partido dele! E já que tenho caracóis, porque não potenciá-los e tirar o máximo partido dos mesmos?


A resposta a esta pergunta pode ser óbvia para muita gente, mas sei que ainda há muitas mulheres que têm caracóis, por este Portugal fora, e que os escondem debaixo de alisamentos, produtos de styling e muita placa!


Por isso, e em jeito de quase manifesto, que bom seria que mais e mais mulheres assumissem o seu cabelo tal qual é e o potenciassem, de alguma forma!


Devaneios à parte, desde que as mãos providenciais e talentosas da Maria Lourenço me cortaram o cabelo, que tudo se tornou muito mais fácil.


Desde então os cuidados capilares se simplificaram. Mas nem por isso deixei de ter atenção para com os caracóis. Esta atenção é necessário e vale a pena ter em conta algumas dicas e truques. Aqui fica, por isso, o que costumo fazer:

1. Evito lavar diariamente o cabelo. Muitas vezes, percebo que os caracóis ficam mais bonitos no dia seguinte à lavagem, porque o cabelo já secou por completo, e os cachos estão mais bem definidos. Por isso, tento lavar três vezes por semana e não mais do que isso.

2. Os caracóis gostam de produtos suaves! Nada de champôs muito agressivos, cheios de SLS, que fazem muita espuma, e embaraçam todo o cabelo!
O ideal é usar champôs o mais naturais possível, como o Phyto Specific Champô de Hidratação Rica que, para além de natural, desembaraça e hidrata a fundo.

Por ser naturais, este género de champôs não fazem muita espuma, mas não se preocupem! É sinal que não estão cheios de detergentes e que, por isso, não agridem o cabelo nem o couro cabeludo.

3. Hidratar bem o cabelo é fundamental. Para além do condicionador, as máscaras de hidratação, específicas para cabelos ondulados, para cabelos secos ou para cabelos pintados, são fundamentais. No meu caso, tenho usado a Phyto Specific Máscara De Hidratação Rica, concebida para ser usada durante a lavagem. Apesar de indicar como tempo de pose 15 minutos, confesso que não costumo deixá-la tanto tempo, por questões de praticidade.

4. Durante a lavagem, e quando estou a hidratar os fios, quer com o condicionador, quer com a máscara, desembaraço logo nessa altura o cabelo. Uso os dedos ou, caso seja necessário, um pente "garfo" de dentes muito largos, específico para caracóis (uso o mesmo há anos). Essa é a única vez que escovo os mesmos. Nunca o faço depois e, mais importante, nunca o escovo a seco - sob pena dos caracóis se transformarem em volume.

5. A seguir à lavagem, tento tirar o excesso de água sem toalha e só depois é que a uso. Quando consigo, uso um pano de algodão (as t-shirts velhas servem na perfeição) para o secar. Muito importante: não esfrego o cabelo com a toalha ou o pano - limito-me a absorver suavemente o excesso de água, mas sempre respeitando o cabelo e os caracóis que, entretanto, se começam a formar. Costumo fazer o movimento com a mão aberta, que se levanta e fecha suavemente à volta dos mesmos.

6. Com o cabelo molhado, aplico o definidor de caracóis. Podia estar aqui a escrever parágrafos e parágrafos sobre este produto.

Já experimentei mais de uma dezena deles, mas, infelizmente, poucos me encheram as medidas e me deixaram 100% satisfeita. Muitos destes produtos deixam os cabelos secos e os caracóis com aspeto húmido e rígido. Eu prefiro muito mais o aspeto de caracol natural e hidratado, que se mantém bonito nos dias seguintes, mas sem aspeto húmido ou seco - por isso, só uso produtos em textura creme, e evito espumas, por secarem o caracol.
Nos últimos tempos, tenho usado e abusado dos produtos da Phyto, específicos para caracóis. O Phyto Specific Curl Legend Gel-Creme Escultor de Caracóis é um leave-in em creme, que faz literalmente o que promete: definir caracóis bonitos e hidratados, que ficam flexíveis e suaves ao toque.

 

PhytoSpecific 1.JPG

 


7. Aplicar pouca quantidade de definidor de caracóis é muito importante. Paralelamente, é importante espalhar bem o mesmo em todo o cabelo e certificar-mo-nos que não há partes com mais produto do que outras.

8. No que diz respeito à secagem, sempre que possível, seco ao ar livre. Quando uso o secador, faço-o sempre com o difusor (fundamental para quem tem caracóis). Costumo aplicar antes um produto de proteção do calor, imprescindível para proteger os fios.

9. Quando pretendo definição e algum volume, seco com o difusor na mesma, mas com a cabeça para baixo.

10. Nas manhãs em que não vou lavar o cabelo, costumo humedecer as mãos com água e, com elas, ir moldando os caracóis

 

11. Nesses dias e sempre que necessário uma definição extra, não prescindo dos produtos para caracóis, que podem ser usados no cabelo seco.

Phyto Specific Baobab Oil Banho de Óleo Cabelo e Corpo, por exemplo, é maravilhoso, porque é 99% de origem natural, pode ser usado em cabelos secos e molhados (e até no corpo) e ajuda a definir o cabelo, dando um toque sedoso, sem pesar.

Já o Phyto Specific Manteiga de Styling Nutritiva dá aquele ar de quem acabou de sair do cabeleireiro e está pronta para uma sessão fotográfica. É, como o próprio nome indica, um produto de styling com textura de manteiga, que deixa o cabelo lindo e sedoso, e os caracóis bonitos e bem definidos. Estou fã deste produto e recomendo-o, mesmo!

 

12. Por fim, e não menos importante: muito cuidado com a escolha da pessoa que nos vai cortar o cabelo. Nem toda a gente domina a técnica de cortar cabelo encaracolado! Por isso, convém escolher bem a pessoa a quem vamos confiar os nossos caracóis!

 

Para quem tem caracóis, fica a pergunta - quais os vossos definidores de caracóis preferidos?

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Marta Batista 03.05.2017 16:03

    Olá Mó! Com uns anitos de atraso é certo mas pode ser que ajude!

    Eu desde que me lembro que uso o creme de pentear da garnier abacate e karité. Mando vir de Espanha e compro a metade do preço de portugal! Uso a linha toda e adoro. Considero-o mil vezes melhor que o fructis. Sem sombra de dúvida.
    Já o da linha de "oliva" detestei.

    Quanto a cabeleireiros em coimbra. Descobri o meu e nao quero outro. Hell's Cut no Terreiro da Erva. Vai ter com o Gonçalo que ele vai saber o que fazer com os teus caracóis!
  • Sem imagem de perfil

    Te 03.05.2017 20:14

    Olá Marta. Muito obrigada pela dica, veio mesmo a calhar! Fui precisamente na semana passada experimentar mais um cabeleireiro em Coimbra e correu terrivelmente... Ficou tão péssimo que tenho que voltar a dar um jeito ao corte e vou já experimentar a tua sugestão! ;)
  • Perfil Facebook

    Claudia Rodrigues 29.03.2018 00:42

    Olá tinha o cabelo encaracolado e agora está liso com algumas ondas nos dias bons. Já alguém teve o mesmo problema? Faço coloração por ter imensos cabelos brancos. Tinha sempre cuidado, com shampoos, cremes, secador etc.
    Em relação ao cabeleireiro de Coimbra ele é bom nos tratamentos de cabelo também ou só mesmo no corte?
    Obrigada :)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Sigam-me

    Escrevam-me:

    Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

    aminisaia@gmail.com

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D