Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

02
Nov20

Closet cleaning - a "arte" de destralhar

Mónica Lice

destralhar.jpg

 

Quando mudei de casa, há mais de dois anos atrás, decidi, em boa hora, fazer uma arrumação e por uma "limpeza" valente à casa antiga, sobretudo ao seu closet e a tudo o que acumulei, durante cerca de 10 anos (os mesmos de vida na capital, depois do meu regresso de Bissau).

 

E posso-vos adiantar que foi absolutamente libertador conseguir abrir mão de tanta coisa e perceber o quanto acumulei desnecessariamente, ao longo dos últimos anos.

 

Depois de anos a fio a fazer closet cleanings a armários alheios, passei semanas a analisar o meu e, ainda hoje, dou por mim perplexa, ao perceber a quantidade de roupa que tinha acumulada e que não usava.

 

Cheguei ao ponto de comprar peças iguais, porque não me lembrava que já tinha uma com aquele corte e naquela mesma cor. Dá para acreditar?

 

Agora, com um armário muito mais reduzido, perfeitamente arrumado e funcional, tornei-me MUITO mais consciente nas aquisições que faço e há mais de um ano que compro muito POUCO, mesmo.

 

Aliás, e mercê das condicionantes atuais, ligadas à Pandemia, posso-vos dizer que, desde fevereiro deste ano, tenho-me controlado e nunca mais comprei nenhuma peça de roupa ou acessório para mim...

 

Claro que continuo a receber algumas prendas de marcas, com as quais me identifico, e que se consubstanciam em peças que realmente gosto e uso. Receber só por receber, para ser politicamente correta, e para depois não usar, deixou de ser política da casa. E tenho vivido muito mais feliz assim, com a certeza de que está tudo arrumadinho e no sítio certo.

 

Por isso, e para quem esteja desse lado, a acumular peças, desnecessariamente, um conselho: estejam ou não para mudar de casa, libertem-se do que está a mais.

 

Para vos inspirar, vejam alguns episódios da Marie Kondo ou leiam o livro Comece Pela Gaveta das Meias, da Vicky Silverthorn (estou a ler e recomendo!), e mãos à obra!

 

Selecionem o que faz sentido guardar, o que pretendem doar, colocar no lixo, oferecer ou trocar com amigas ou, até mesmo, vender (o OLX ou o Micolet são boas opções a considerar, para colocar peças de roupa, sapatos ou acessórios à venda).

 

Tenham em atenção que não vale a pena continuar a guardar:

 

* Peças que deixaram de servir e que não se antevê que voltem a servir.

* Peças danificadas, gastas, descosidas (quando não pretendem levá-las a arranjar).

* Peças com as quais já não se identificam - que deixaram de fazer o vosso estilo.

* Peças que têm guardadas há anos, sem uso - é sinal que deixaram de ter espaço na vossa vida e no voss estilo.

 

Comecem pela gaveta das meias, e dediquem uma semana a cada divisão da casa. Acreditem que se pode viver bem (ou até melhor) com muito menos!

 

Imagem via TasteofHome.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mónica Lice 19.06.2019 16:17

    Sentimo-nos mesmo mais leves! E sabe mesmo bem!;-)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Sigam-me

    Escrevam-me:

    Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

    aminisaia@gmail.com

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D