Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

17
Jun19

Closet cleaning - a "arte" de destralhar

Mónica Lice

destralhar.jpg

 

O ano passado ficou marcado pela mudança de casa e, antes disso, por uma arrumação e por uma "limpeza" valente à casa antiga, ao seu closet e a tudo o que acumulei, durante cerca de 10 anos.

 

Posso-vos dizer que foi absolutamente libertador conseguir abrir mão de tanta coisa e perceber o quanto acumulei desnecessariamente, ao longo dos últimos anos.

 

Depois de anos a fio a fazer closet cleanings a armários alheios, passei semanas a analisar o meu e, ainda hoje, dou por mim perplexa, ao perceber a quantidade de roupa que tinha acumulada e que não usava.

 

Cheguei ao ponto de comprar peças iguais, porque não me lembrava que já tinha uma com aquele feitio. Dá para acreditar?

 

Agora, com um armário muito mais reduzido, perfeitamente arrumado e funcional, tornei-me MUITO mais consciente nas aquisições que faço e há mais de um ano que compro muito POUCO, mesmo.

 

Claro que continuo a receber algumas prendas de marcas, com as quais me identifico, e que se consubstanciam em peças que realmente gosto e uso. Receber só por receber, para ser politicamente correta, e para depois não usar, deixou de ser política da casa. E tenho vivido muito mais feliz assim, com a certeza de que está tudo arrumadinho e no sítio certo.

 

Por isso, e para quem esteja desse lado, a acumular peças, desnecessariamente, um conselho: estejam ou não para mudar de casa, libertem-se do que está a mais.

 

Para vos inspirar, vejam alguns episódios da Marie Kondo ou leiam o livro Comece Pela Gaveta das Meias, da Vicky Silverthorn (estou a ler e recomendo!), e mãos à obra!

 

Selecionem o que faz sentido guardar, o que pretendem doar, colocar no lixo, oferecer ou trocar com amigas ou, até mesmo, vender (o OLX ou o Micolet são boas opções a considerar, para colocar peças de roupa, sapatos ou acessórios à venda).

 

Comecem pela gaveta das meias, e dediquem uma semana a cada divisão da casa. Acreditem que se pode viver bem (ou até melhor) com menos!

 

Imagem via TasteofHome.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

8 comentários

Comentar post

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D