Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

23
Set16

Casas do Lupo

Mónica Lice

1A5Y6893-2.jpg

 

Sexta-feira passada, à noite, depois de vários quilómetros de estrada, de uma conversa no FORUM VISEU na melhor das companhias e de uma semana agitada de trabalho e regresso ao ginásio, via Holmes Place, só me apetecia uma cama para dormir, preferencialmente num sítio sossegado e, se possível, bonito.

 

Tinha reservado uma noite nas Casas do Lupo, na aldeia histórica de Lapa do Lobo, em Nelas, e, por isso, estava com alguma expetativa e muita vontade de lá chegar.

 

Depois de um jantar rápido em Viseu, foi tempo de rumar às Casas do Lupo. Em poucos minutos chegamos, já de noite, mas com luz suficiente para perceber o quão bonito é o espaço envolvente, que convida ao descanso e ao lazer.

 

Inauguradas em 2014, as Casas do Lupo nasceram do desejo do proprietário de recuperar algum do património civil da aldeia Lapa do Lobo. Do desejo à prática, foram recuperadas 4 casas de traça típica beirã, promovendo-se a utilização dos materiais construtivos tradicionais da região (granito e madeira), sempre com traços de contemporaneidade.

 

As 4 casas estão divididas em 8 quartos, todos com particularidades únicas, que os distinguem e os tornam especiais. Calhou-nos o quarto da Belavista (que mostro abaixo), abençoado, como o próprio nome indica, por uma vista de cortar a respiração - sobre o jardim e piscina, por um lado, e sobre a Serra da Estrela, pelo outro.

 

A decoração, retro e super confortável, convidava ao descanso, tal como as camas - a nossa e a da Laurinha, preparada para o efeito. E a verdade é que dormi como uma pedra... O silêncio à nossa volta era total e, sem que déssemos por isso, eis que chegou a hora de nos levantarmos.

 

À nossa espera, e sob um lindo sol, tínhamos um jardim lindo para ser percorrido, bem como um delicioso pequeno almoço, onde os queijos, o pão acabado de cozer, os bolos caseiros e os figos, entre outras especialidades, fizeram as nossas delícias.

 

Tivemos que regressar cedo, para compromissos em Lisboa, mas ficou a certeza de que havemos de voltar, com mais tempo, para apreciar tudo o que as Casas do Lupo têm para oferecer...

 

1A5Y6966.jpg

 

1A5Y7144.jpg

 

1A5Y7327.jpg

 

1A5Y7393.jpg

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D