Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

14
Out19

Armário Cápsula

Mónica Lice

Carrie Bradshaw closet.jpg

 

Hoje em dia, poucas são as mulheres que se podem dar ao luxo de ter walk-in closets de vários metros quadrados, onde é possível colocar quilos e quilos de roupa, sem qualquer preocupação de espaço ou arrumação.

 

Estes cenários de filme (ou de série, se pensarmos em Carrie Bradshaw) são, infelizmente, pouco reais e não se refletem na vida da maior parte das mulheres portuguesas.

 

Estas estão, muitas vezes, cingidas a armários limitados, partilhados ou não com a cara-metade, pelo que a preocupação com o espaço é uma realidade, sim, com a qual temos que contar.

 

Nestes casos, ter armários a transbordar, difíceis de manobrar, onde a maior parte das peças se encontra perdida ou escondida, não é, de todo, tarefa fácil.

 

Eu sei bem do que escrevo – durante 10 anos acumulei peças num walking closet  de tamanho algo limitado e dava por mim sem conseguir perceber onde estava o que pretendia usar.

 

Por outro lado, várias vezes dava por mim a esquecer-me do que tinha e cheguei mesmo, imaginem, a comprar peças iguais a outras, que já tinha...

 

Conclusão? Andava quase sempre com as mesmas peças e variava muito pouco (o que é um absoluto contrassenso, atendendo à quantidade de roupa que tinha no armário).

 

Hoje, depois de ter descartado dezenas de caixotes (sim, leram bem, dezenas - entre várias dádivas, uma parte seguiu para a venda, e ainda há uma parte disponível na Micolet) e de ter mudado de casa e de armários, tenho bem menos, mas super organizado, e, curiosamente, dou por mim a variar mais!

 

Para além da possibilidade de variar mais, é importante não ter a roupa apertada, para evitar vincos, danos nas peças e para as deixar respirar.

 

É com todas estas ideias em mente que deve partir para a construção de um armário cápsula.

 

Não sabe como? Eu ajudo...

 

(Continua...)

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

3 comentários

Comentar post

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2006
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D