Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

19
Mar18

APIVITA em Portugal

Mónica Lice

Commitment Natural.jpg

 

A manhã era de chuva, o dia estava frio, mas o convite prometia uma experiência inspiradora e relaxante (a remeter para o universo da paisagem grega), bem no centro de Lisboa. Toco à campanhia, abro o portão e descubro um jardim imenso e uma palacete lindo, daqueles verdadeiramente inspiradores, que nos fazem esquecer, ainda que por minutos, que estamos em Lisboa.

 

Está "pintado", por isso, o cenário mais que perfeito para uma apresentação verdadeiramente inspiradora de uma marca, grega, cujo nome já tinha ouvido ou lido algures, mas que não conhecia a fundo e que, agora, conheço.

 

Foi-nos apresentada pela voz do seu embaixador grego - em inglês, bem entendido - com uma paixão tal que acho que toda a gente que estava naquela sala saíu daquelas quatro paredes tão inspirada como eu.

 

Apivita, assim se chama a marca, com quase 40 anos, que vai buscar o nome à "vida das abelhas", as mesmas cujo propólis foi usado no primeiro produto lançado no mercado: um sabonete, que rapidamente se popularizou no mercado grego.

 

Ok, mais uma marca, estão a pensar vocês. Mas o que tem de especial? Cativou-me por várias razões, a saber...

 

1. A formulação dos produtos

Começo pelos produtos e, não, pela filosofia da marca, porque, sejamos honestas, o que valem muitos floreados, quando os produtos não são assim tão bons ou não têm os melhores ingredientes?

Na Apivita, as formulações são sempre com altas concentrações de ingredientes naturais (entre 85-100%), identificados por percentagens, para que ninguém compre "ao engano" e perceba exatamente o que está a levar para casa. Para terem uma ideia, a gama antienvelheciemento, para peles mais maduras, que é a gama premium da marca, tem 95 a 96% de ingredientes de origem natural! Ah, e utilizam solventes ecológicos, excluindo a utilização de silicones, parabenos, óleos minerais, propilenoglicol, almíscares policíclicos, almíscares nitrados e ftalatos.

 

2. A filosofia da marca

Esta é assente numa abordagem natural e holística, que tem por base a sociedade das abelhas, a flora natural grega e os ensinamentos de Hipócrates.

Foi a primeira vez que me falaram em Hipócrates e Sócrates em mais de 12 anos de vida de blog e cosmética. Tudo bem que estamos a falar de uma marca grega, mas os filósofos são universais e qualquer marca é livre para "pegar" nos seus ensinamentos. Porque não o fazem, isso já é outra conversa...

 

3. O compromisso de eficácia Apivita

Um dos "problemas" da maior parte dos produtos ditos naturais é que a eficácia fica sempre um pouco comprometida. Ou seja, os resultados que esperaríamos que alcançassem, ficam, muitas vezes, por terra. Ora, para a Apivita, a investigação é uma prioridade, para que os resultados ocorram, de facto, não comprometendo a naturalidade dos produtos - daí que colaborem com imensas universidades, um pouco por todo o mundo, e vários centros de investigação - incluindo do nosso Algarve - sabiam?

 

4. A componente holística da marca

A Apivita procura responder às necessidades da pele de cada um, de uma forma global (cada produto dá resposta a várias necessidades).

Mas a ação não se fica por aí. Cada produto beneficia ainda de óleos essenciais puros, com certificado 100% orgânico, que estimulam, revitalizam e aliviam a tensão e o stress. Basta cheirar os produtos para o perceber.

 

5. A vasta gama de produtos

Portugal irá receber uma terça parte de tudo o que a Apivita já tem. Mas, para perceberem a dimensão da coisa, a marca já tem até lojas próprias (na Grécia e noutros países), com produtos de rosto, corpo, cabelo, solares, para mulher, homem e criança, incluindo tisanas e tintas de cavelo naturais.

 

Dito isto, não, ainda só experimentei o gel de banho e gostei. Suave e com um perfume intenso, mas bem agradável, a plantas. 

 

Vale ainda dizer que a marca começa agora a ser comercializada em farmácias, parafarmácias e no El Corte Inglés, com preços médios que vão desde os €2,48 (máscaras capilares) até aos €88 (alguns produtos da linha premium Queen Bee).

 

Screen Shot 2018-03-09 at 18.28.40.png

Screen Shot 2018-03-12 at 15.28.12.png

Screen Shot 2018-03-09 at 20.53.57.png

Espreite ainda:

Beleza vegetal

Cosmética bio

Beleza orgânica

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D