Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

23
Nov20

Compradora compulsiva - como deixar de ser?

Mónica Lice

compradora compulsiva

 

Em semana de Black Friday, e já a um mês do Natal, os apelos ao consumo começam a ser mais do que muitos, e torna-se, muitas vezes, complicado resistir. Por isso, é mais do que natural que façamos, neste período, investimentos desnecessários, fazendo compras que, em condições normais, estaríamos longe de realizar.

 

Obviamente que isso não faz de nós compradoras compulsivas, mas tem, naturalmente, consequências diretas nas nossas finanças, acabando por ter consequências diretas na nossa vida. Assim, ao comprar um bem desnecessário, trazemos algo que acabará por estar a mais na nossa vida  ou na nossa casa e, de imediato, na conta bancária, há um valor que desce e que poderia ser aplicado noutros bens ou serviços ou, quem sabe, até, num investimento ou numa conta-poupança...

 

Ao lado desta realidade de quem compra o que não precisa esporadicamente, e mercê das fortes campanhas publicitárias que ocorrem em épocas específicas do ano, há outros casos, mais graves, de quem compra, sempre, e compulsivamente.

 

De facto, entre e-mails que recebo e a experiência com as minhas clientes de consultoria de imagem, percebo que são frequentes os casos de consumidoras compulsivas, capazes de dedicar uma parte substancial do seu salário mensal a roupas e acessórios.

 

Tratam-se de compras frequentes, quase sempre por impulso, que não correspondem a necessidades efetivas e que, muitas vezes, permitem colmatar outro género de carências, mais profundas, que não as materiais. Por isso mesmo, o entusiasmo da compra desvanece-se, na maior parte das vezes, pouco depois da aquisição.

Sigam-me

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D