Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

18
Nov16

Think pink

Mónica Lice

pinkk.jpg

 

Vários itens em rosa - uma das cortes fortes da estação, não apenas na moda, mas também no mundo da cosmética e beleza (de cima para baixo e da esquerda para a direita):

 

The extraordinary powder Sephora - uma esponja com milhares de nácares prateados, para conferir reflexos no corpo, cabelo ou decote, numa edição especial e limitada de Natal.

Da Too Faced, o kit Melted Kisses & Sweet Cheeks, que combina batom e blush, em duas embalagens amorosas, pequenas e práticas.

Roller Lash - a minhas máscara para pestanas preferida da Benefit, em castanho.

O verniz ANNY, no tom rosa #unicorn.

A sombra rosa redonda é da Yves Rocher. A marca acaba de lançar uma vasta paleta de sombras ultra pigmentadas e impregnadas de luz, com extrato de Arroz, que oferecem 3 tipos de acabamentos: nacarado, cintilante e mate.

Invisibobble - os famosos elásticos que não marcam o cabelo, agora disponíveis em vários tamanhos, permitindo a obtenção de vários penteados.

Bottega Veneta Parfum Eau Sensuelle - o novo perfume da marca, um chipré-couro-frutado-floral, delicioso.

O batom So Good for You da MAC - na embalagem, linda, da nova coleção para o Natal Nutcracker Sweet.

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

16
Nov16

Novos vernizes para as unhas

Mónica Lice

Depois de, ontem, vos ter falado um pouco sobre a história do verniz, hoje é dia de vos mostrar algumas das mais recentes novidades para unhas.

 

unhas.jpg

A ANNY (marca de vernizes que podemos encontrar na Perfumes & Companhia) acaba de lançar uma nova coleção de vernizes, que espelha as preferências da modelo alemã Lorena Rae, para esta estação fria.

A coleção tem cores lindas, todas mate, como o #nofilter, que mostro acima, no meio. Trata-se de um tom, entre o rosa claro e o nude, muito bonito e super versátil, que adoro usar em qualquer altura do ano.

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

15
Nov16

A história do verniz

Mónica Lice

Captura de ecrã - 2016-11-12, 19.17.45.png

 

Nos dias que correm, o verniz faz parte da maquilhagem e já não concebemos o mundo da cosmética sem ele. No entanto, nem sempre foi assim. Como nasceu? É esta a resposta a que vou tentar responder, de seguida.

 

Olhando para trás, é curioso perceber que a tradição de pintar as unhas remonta ao Antigo Egipto (cerca de 3500 AC), numa altura em que se recorria ao poder corante da henna para as colorir. Ter unhas pintadas era sinónimo de estatuto social e, quanto mais escuras fossem, maior o poder (só os faraós e as suas famílias podia usar cores mais escuras).

 

Cléopatra, por exemplo, era conhecida por gostar e usar sempre um tom de vermelho escuro (obtido, por vezes, através de besouros esmagados - sim, leram bem - besouros...). E há até uma história, em jeito de lenda, que diz que ela terá proibido o uso desta cor por outras pessoas que não ela.

 

Captura de ecrã - 2016-11-12, 19.01.44.png

Claudette Colbert no papel de Cleópatra, em 1934.

 

 

Na Babilónia, a tradição de pintar as unhas manteve-se e até os soldados o faziam antes de ir para a batalha. No Império Chinês, pintar as unhas era normal, com cores que iam desde o dourado e o prateado, até ao vermelho e ao preto. Nessa altura, os vernizes eram feitos de misturas de plantas, cera de abelha, clara de ovo, gelatina, goma arábica e pétalas de flores.

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

09
Nov16

6 cremes de mãos para este outono

Mónica Lice

cremedemãos1.jpg

 

Com a chegada do frio, a pele é das primeiras a sofrer com as sucessivas mudanças de temperatura. Neste campo, a pele das mãos é das mais sacrificadas, por estar mais exposta, e sujeita a lavagens constantes, a frio e calor, entre outras adversidades e desafios.

 

Por tudo isto, mimar as mãos diariamente é absolutamente essencial e deve fazer parte do nosso ritual de beleza.

 

Para o concretizar, pode ter um creme de mãos na mala ou secretária, e aplicar sempre que se lembrar ou então optar por colocar a embalagem na mesa de cabeceira e colocar nas mãos ao deitar.

 

Qualquer que seja a estratégia usada, vale tudo para não se esquecer deste passo e deste gesto. As suas mãos vão agradecer!

 

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D