Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

29
Jan18

7 séries para 2018

Mónica Lice

Ler à noite um livro com a minha bebé ao lado, a dormir, sensível a ruídos e luzes, torna-se uma tarefa muito complicada. Claro que podia ler mais, noutras divisões da casa ou durante o dia, mas tem-se tornado mais prático ver séries, no quentinho dos cobertores ou do sofá.

 

E o que tenho eu visto? Partilho abaixo algumas das séries que vi ou tenho visto e recomendo...

 

Screen Shot 2018-01-22 at 18.30.06.png

The Good Doctor

Estou a seguir esta série no AXN e a gostar muito. Centra-se na vida de um jovem médico autista, que sofre também do Síndrome do Sábio, ajudando a desmistificar ambas as patologias.

Cada episódio traz as suas próprias histórias, doenças e tramas, pelo que é fácil deixarmo-nos levar pela série, envolvente e muito bem feita.

 

Screen Shot 2018-01-22 at 18.35.10.png

The Outlander

Esta série mistura um pouco de ficção científica ou sobrenatural com história, entre viagens no tempo, paixões, sangue, suor e lágrimas.

Honestamente, não sendo eu muito fã de ficção, fiquei fã desta trama, até porque a parte histórica suplanta-a e acaba por ser a minha preferida. 

Ah, e a figuraça do "Jamie" também ajuda a tornar mais interessante o enredo.

Estou a acompanhar no Netflix - e tenho à minha espera a terceira série, que conto "devorar" em breve.

 

Screen Shot 2018-01-22 at 18.29.10.png

As Telefonistas

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

17
Jan18

Franca: Chaos & Creation

Mónica Lice

Screen Shot 2018-01-14 at 23.47.53.png

 Foto de Bruce Weber para a Vogue.

 

O nome Franca Sozzani pode não vos dizer nada, de imediato, mas se vos disser que se trata da antiga Diretora da Vogue italiana, conhecida pelos seus longos cabelos loiros, aposto que sabem logo de quem estou a falar.

 

Franca foi uma das figuras mais marcantes do panorama da moda mundial e a sua marca na história da Vogue perdurará para sempre.

 

Graças a ela, a revista abordou temas em fotos e editoriais que, até então nunca tinham sido tratados no mundo da moda: violência doméstica, desastres ambientais, racismo, dependências, excessos de operações plásticas, entre muito mais, que fizeram páginas e páginas de muita polémica, capas e fotos absolutamente brilhantes, que ainda hoje servem de exemplo para quem trabalha na área.

 

Franca tinha plena consciência do poder da imagem - e da forma como uma imagem impactante poderia comunicar, levando a revista muito para além de Itália e do universo dos que lêem italiano.

 

Franca trabalhou até morrer - o que aconteceu no final de 2016, depois duma batalha contra o cancro.

 

O seu filho, Francesco Carrozzini, diretor cinematográfico*, decidiu, em boa hora, fazer um documentário/filme sobre a carreira da sua mãe, mostrando, de forma intimista e muito envolvente, um pouco do seu percurso e dos marcos mais importantes da sua vida profissional.

 

E eu consegui, finalmente, este fim de semana, assistir ao filme e gostei bastante. Fiquei a conhecer melhor a sua história, a apaixonar-me ainda mais pela sua sensibilidade e bom gosto e com vontade de agarrar um punhado de Vogues italianas antigas e passar horas a analisá-las.

 

Por isso mesmo, recomendo a todas as apaixonadas por moda este filme, obrigatório, na minha opinião. Encontrei-o no Netflix, mas imagino que o consigam encontrar facilmente noutras plataformas. Quem já viu?

 

*E, também, noivo de Bee Shaffer, a filha da Anne Wintour.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D