Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

13
Nov17

Extreme Makeover

Mónica Lice

1X1A9998 (1).jpg

 

O desafio chegou sob a forma de mensagem da Liliana, e a resposta seguiu de imediato: sim, vamos a isso!

 

O objetivo? Proporcionar um extreme makeover a duas jovens muito especiais, a Cláudia e a Sofia, que em breve iriam abraçar um novo desafio profissional: integrar o Programa de Formação em Posto de Trabalho do BNP Paribas Securities Services, ao abrigo de protocolo entre esta instituição bancária e a ASBIHP

 

Para quem não conhece, a ASBIHP é, em poucas palavras, uma associação que visa promover o apoio técnico, moral, económico e social aos indivíduos afetados de Spina Bífida Manifesta e/ou Hidrocefalia. A mesma tem feito um trabalho notável neste sentido, sempre com ações e intervenções, a nível individual e familiar, com esta, que coloca jovens no mercado de trabalho, dando-lhes as ferramentas necessárias para tomarem as rédeas das suas vidas.

 

Para concretizar a transformação seriam necessários parceiros. E, na minha mente, três parceiros, com quem trabalho há anos, e que sei que posso sempre contar, apareceram de imediato: Maria Lourenço Cabeleireiros, para tratar do cabelo, a C&A, para lhes dar roupas profissionais e O Boticário, para as maquilhar e dar todas as dicas necessárias aos cuidados de beleza que a nova vida, que se aproximava, requer.

 

No dia marcado, às 9h da manhã - numa quinta-feira que trouxe chuva, como que a abençoar o dia que começava - encontrei-as tímidas, mas felizes, junto do salão Maria Lourenço. Antes de falarmos com a Maria, que se encarregou pessoalmente de falar com elas e de lhes arranjar os cabelos, falei eu com elas, para perceber os estilos, o que gostam, o que gostariam de vestir, entre outras coisas.

 

1X1A9511.jpg

1X1A9532.jpg

1X1A9560.jpg

1X1A9714.jpg

 

Terminada esta espécie de entrevista rápida, fomos para o salão. Depois da conversa e de se perceber o que seria melhor para cada uma, em termos de corte e cor, foi altura da Maria Lourenço fazer magia com as suas mãos, tesouras e tintas. Houve ainda tempo para a manicure e foi vê-las lindas e felizes com os novos penteados, muito mais confiantes e prontas para o resto do dia que ainda vinha a caminho.

 

Next stop? C&A do Colombo, para aí escolhermos os coordenados para cada uma - três, no total, e completos.

 

Comecei com a Sofia - a mais extrovertida e irreverente, que gosta de detalhes, como bordados, e que não tem problemas com acessórios, como se vê pela boina que lhe assenta como uma luva. Como anda em cadeira de rodas, foi fundamental escolher casacos mais curtos, que funcionassem bem no seu tipo de corpo.

 

Horas depois, já com a Sofia feliz com as peças escolhidas, foi tempo de me dedicar à Cláudia, e ir em busca dos coordenados profissionais ideais para ela e para o seu tipo de corpo. Mais tímida, mas disposta a arriscar, perdeu-se de amores por um biker jacket metalizado, que lhe assenta como uma luva e que, estou certa, lhe dará muito jeito nestes dias.

 

1X1A9742.jpg

1X1A9766.jpg

1X1A9790.jpg

 

Para terem uma ideia, para as duas foi escolhido um fato preto, com um blazer e calça, que podem ser usados juntos ou em separado, de forma a potenciar os looks.

 

Noutro coordenado, escolhi um casaco mais quentinho, com capuz, já que ambas, ou por causa da cadeira, ou por causa das canadianas, têm as mãos ocupadas, e necessitam de roupa prática e quente, que não atrapalhe os seus movimentos - tudo num total de 3 looks completos para cada uma.

 

1X1A9815.jpg

1X1A9855.jpg

1X1A9870.jpg

 

A loja O Boticário foi o destino final, onde a maquilhadora soube tirar o melhor partido do rosto lindo de ambas, tornando-as ainda mais bonitas e luminosas! Para além da dicas da maquilhadora, ainda tiveram direito a um saquinho de goodies de makeup, para que consigam reproduzir em casa o que lhes foi feito.

 

As fotos falam por si - foram 10 horas muito intensas, de muito trabalho, de pausas rápidas para alimentar a minha bebé, de quilos de roupa transportada e experimentada, mas, no final, valeu muito a pena e os seus sorrisos falam por si.

 

1X1A9894.jpg

 

1X1A9945.jpg

 

1X1A9960.jpg

 

Da minha parte, resta-me agradecer à Liliana por ter confiado em mim este desafio, e, claro, às marcas que generosamente se envolveram: Maria Lourenço Cabeleireiros, C&A Portugal e O Boticário Portugal. Muito obrigada também à fotógrafa Kat V e ao realizador Tiago Namorado Gil, que fizeram a reportagem em imagem e vídeo desde dia especial.

 

Ficam algumas das fotos - há mais para espreitar na página do mini-saia no Facebook. E podem encontrar o antes e o depois no meu Instagram, em @monicalice.

 

1X1A9980.jpg

1X1A9983.jpg

 

1X1A9996.jpg

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

16
Mai17

Kids Market primavera-verão'17

Mónica Lice

Captura de ecrã - 2017-05-12, 17.35.12.png

 

No próximo fim de semana, em Lisboa, todos os caminhos vão dar às Cavalariças do Pestana Palace e a mais uma edição do Kids Market.

 

Este mercado, para miúdos e graúdos, organizado pela blogger Filipa Cortez de Faria, do Blog My Happy Kids, já vai na sua 11.ª edição, e destaca-se, não só pelos desfiles que contempla na sua vasta programação (desfiles esses em que as crianças são estrela), como também pelo seu cariz solidário.

 

Para terem uma ideia, nesta edição, o valor da entrada, mínimo de €1, reverte a favor da Corações com Coroa. Esta é uma Associação sem fins lucrativos, de Catarina Furtado, que apoia pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social, e que tem um projeto direcionado a mães com carências, projeto esse para o qual reverterá todo o valor angariado nas entradas.

 

São cerca de 70 as marcas que vão estar presentes, 100% nacionais, de roupas e acessórios infantis e para adultos. Tudo com muita pinta e escolhido a dedo para Filipa!

 

Para além disso, está prevista animação infantil, bem como atividades para bebés, crianças, mamãs e grávidas.

 

Fica a dica, em jeito de sugestão de fim de semana. Vemo-nos lá?

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

15
Mai17

Uma "casa longe de casa"

Mónica Lice

fund1.jpg

 

Como açoriana que sou, senti algumas vezes na pele o preço da insularidade. É verdade que nascer e crescer rodeada de mar, num local lindíssimo, onde a natureza é rainha, é maravilhoso, mas não nego que existiram alturas complicadas, em que apetecia viver junto de grandes cidades, com boas infra-estruturas, como grandes universidades ou hospitais.

 

Concretizando, quando tinha 6 anos, o meu irmão, mais novo do que eu, teve um problema de saúde que não obteve tratamento adequado no Hospital de Angra. Nessa altura, os médicos que o acompanhavam decidiram, e em boa hora, que ele tinha que vir para Lisboa o quanto antes, para, aqui, ser tratado.

 

Para além da tristeza de ver um irmão ir para longe, na incerteza de ter ou não tratamento (felizmente teve e correu tudo bem), calhou a viagem ser na altura do Natal e Ano Novo. Ora isto acabou por tornar aquela data particularmente triste para todos - sobretudo para ele e para a minha mãe, que com ele viajou e que teve de ficar numa pensão, algures na baixa de Lisboa.

 

Infelizmente, naquela altura, ainda não existia uma Casa Ronald McDonald (fundada pela Sistemas McDonald’s Portugal, contando com o apoio desta, dos franquiados e restaurantes McDonald’s e de muitas outras empresas e instituições, bem como da própria sociedade civil), junto ao Hospital D. Estefânia, que só foi inaugurada em 2008. Se existisse, talvez a minha mãe e o meu irmão tivessem tido a sorte de lá ficar, aconchegados numa cidade que não era a deles, e longe de quem mais os estimava.

 

É, por isso, que olho sempre com especial carinho para esta Casa, quando por lá passo. Sei que há muitas famílias açorianas que vão para lá, quando os filhos, crianças, vêm para Lisboa, com os mais diversos problemas de saúde.

 

Por isso mesmo, não podia deixar de partilhar por aqui a mais recente campanha lançada pela McDonald’s e pela Fundação Infantil Ronald McDonald, por ocasião do Dia da Família, que se celebra hoje, 15 de maio. 

 

Com o intuito de dar a conhecer a ação desta e da Casa Ronald McDonald do Porto, inaugurada um pouco depois, que recebem, gratuitamente, famílias com crianças em tratamento hospitalar longe da sua zona de residência, a Fundação criou a história da Maria e do Pedro e, a partir dela, deu vida a bonecos de pano, que estão a ser vendidos, e cujas receitas revertem a favor da Fundação, sempre com o intuito de criar uma casa longe de casa.

 

Em traços gerais, é esta a história (que podem espreitar, de forma animada, em: www.casaeondeestaonossocoracao.pt):

  • Era uma vez uma menina, a Maria, que passava os dias a brincar com a sua irmã Joana, e o seu cão Orelhas. Um dia, a Maria ficou doente, e teve que ir para um hospital longe de sua casa. Foi nessa altura que conheceu a Casa Ronald McDonald, que ficava perto do hospital e onde ficou durante o tempo do seu tratamento. A Mãe e o Pai da Maria estiveram sempre com ela, porque esta Casa era uma verdadeira “casa longe de casa”. Na Casa Ronald McDonald, a Maria conheceu o Pedro, um menino que também estava doente e que andava sempre vestido de pirata. Assim, disfarçava a sua doença e fazia rir as outras crianças! Passado algum tempo, a Maria e o Pedro receberam boas notícias: já estavam bons e cada um poderia regressar à sua casa. A Maria acha que ficou boa tão depressa porque, quando ficou doente, a mãe fez-lhe um coração em tecido que nunca largava pois dava-lhe muita coragem e amor. Ainda hoje o guarda, porque o faz lembrar o seu amigo Pedro. E ficaram amigos para sempre!

 

Desta história bonita nasceram as personagens que integram a coleção Solidária da Fundação Infantil Ronald McDonalda Maria, o Pedro, a Joana, o Orelhas e o Coração. As mesmas (feitas à mão por artesãs, que utilizam

retalhos de tecido 100% portugueses) podem ser adquiridas nas Casas ou no site presentes.pt.

 

Fica a dica e a sugestão! Vale a pena apoiar esta causa e levá-la mais longe. Até porque as duas Casas, no total, já acolheram mais de 1600 famílias, de todo o continente e dos arquipélagos dos Açores e da Madeira, e espera-se que acolham muitas mais.

 

Para quem quiser ajudar, aqui ficam outras formas de apoio possível:

1. Fazendo um donativo para o NIB 0033 0000 45237180349 05 (ao abrigo do Estatuto dos Benefícios Fiscais).

2. Colocando um donativo nas caixas-mealheiro existentes nos restaurantes McDonald’s, que se

destinam a recolher donativos da sociedade civil.

3. Oferecendo-se como voluntário para uma das Casas Ronald McDonald, ajudando na dinamização

de atividades ou outras tarefas que visem a promoção do bem-estar das famílias das Casas.

4. Oferecendo donativos em géneros às Casas Ronald McDonald.

5. Fazendo “gosto” na página de Facebook e partilhando com os amigos (em www.facebook.com/fundacaoronaldmcdonald).

 

fundação (1).jpg

 

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

11
Mai17

Sobrancelhas solidárias

Mónica Lice

Captura de ecrã - 2017-05-10, 12.05.30.png

 

Há algumas semanas, fui conhecer a ação solidária da Benefit, que decorre durante todo o mês de maio. Foi uma apresentação algo emotiva (ai as hormonas, Mónica...), muito por responsabilidade das Instituições de Solidariedade que vão beneficiar desta ação, e que fizeram questão de levar algumas pessoas que foram ajudadas, que nos deram o seu testemunho e nos falaram um pouco das Instituições em causa.

 

O projeto em causa chama-se Bold is Beautiful e tem como lema transformar sonhos em realidade. Para o concretizar, e durante todo o mês de maio, a Benefit doa 100% das vendas em serviços de epilação das sobrancelhas a 2 instituições de solidariedade, que ajudam mulheres.

 

E que instituições são essas? Em Portugal (a ação decorre a nível mundial, abrangendo vários países), foram escolhidas a Dress for Success e a Humanus, que ajuda adolescentes grávidas e tem, inclusivamente, uma residência de acolhimento e uma creche, que é aberta à comunidade.

 

Esta ação abrangerá ainda ajuda a outros níveis, pois há várias voluntárias, dentro das trabalhadoras Benefit, dispostas a ajudar, dando workshops, com truques e dicas de maquilhagem, a mulheres carenciadas.

 

Fica a dica! Aproveite este mês para arranjar as sobrancelhas, ao mesmo tempo que ajuda instituições solidárias, já que os €18 que pagará por cada serviço serão doados na totalidade a estas duas instituições!

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D