Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

27
Mar17

6 óleos de beleza

Mónica Lice

Quem adora óleos, que ponha a mão no ar! Eu ponho logo as duas, porque sou completamente viciada e adoro tudo o que tenha óleos na sua composição.

 

Agora, que estou grávida, adoro experimentar óleos de firmeza e anti-estrias, que sejam seguros na gravidez (o mesmo é dizer, que sejam óleos vegetais, sem óleos essenciais na sua composição) e, por norma, hidrato bem toda a pele, com especial atenção para a barriga, claro, ancas e pernas!

 

Se, tal como eu, for fã de óleos, deixo-lhe com algumas sugestões, bem hidratantes, a este nível, algumas das quais novidade no mercado...

Captura de ecrã - 2017-03-24, 22.28.21 (1).png

 

1. Nuxe Huile Prodigieuse

Este é talvez dos óleos mais conhecidos e vendidos do mercado (é o óleo n.º 1 em farmácia, em França). Celebra este ano 25 anos (alguém se lembra de quando assinalei por aqui os seus 20 anos?) e, para além de surgir em embalagens lindas de edição limitada, como esta, que mostro aqui, a sua fórmula foi melhorada, tendo-se juntado à mesma óleo de camélia japonesa (também conhecido como óleo Tsubaki), altamente nutritivo, para uma hidratação ainda maior, bem como o Óleo de Argão (com propriedades reparadoras, em especial, no cabelo).

Pode ser usado no rosto, corpo e cabelo e tem uma fórmula 98,1% de origem natural, sem óleos minerais, silicone ou parabenos.

Disponível a partir de €20,90, preço aproximado.

 

2. René Furterer 5 Sens Huile Seche Sublimatrice

Um óleo multi-funções, para corpo e cabelo, 100% de origem natural. Com 5 óleos vegetais, o mesmo deixa o cabelo mais brilhante e hidratado, com resultados visíveis desde a primeira aplicação

Apesar de se tratar de uma marca de produtos capilares, o óleo é também indicado para o corpo, deixando a pele sedosa e hidratada (preço sob consulta).

 

3. Polysianes Huile Sublimatrice da Klorane

Este é um óleo anti-idade, com toque seco, ligeiramente nacarado, que pode ser usado no cabelo, rosto e corpo.

É enriquecido com morinda e monoï e, para além de hidratar, deixa a pele e o cabelo ligeiramente brilhantes (€16, preço aproximado), sendo, por isso, ótimo para usar no verão, para enaltecer o bronzeado.

 

4. Óleo Mágico Relaxante Multifuncional de Atashi Cellular Cosmetics

Formulado com sete óleos puros, de origem biológica – Uva, Argão, Sésamo, Abyssinian, Meadowfoam, Jojoba e óleo essencial de Toranja - ricos em polifenóis e ómega 6 e 9, protege a pele do stress diário, responsável pelo envelhecimento cutâneo.

Para além da hidratação e da ação anti-envelhecimento, o mesmo possui um complexo Silk Skin, rico em ácido linoleico e vitamina E, que ajuda a definir a silhueta devido ao forte efeito lifting que exerce sobre todo o corpo (disponível por cerca de €35,50, em farmácias e parafarmácias).

 

5. Atoderm Óleo de Duche de Bioderma

Um outro formato de óleo, concebido para o banho. Para peles sensíveis, secas a muito secas e, até, irritadas, este óleo permite formar uma espuma muito suave, e delicadamente perfumada, de modo a respeitar as peles mais sensíveis.

Deixe a pele delicadamente limpa e cerca de 39% mais hidratada após um mês de utilização. Pode ser usado por toda a família, sendo inclusivamente indicado para bebés (a partir de €8, preço aproximado).

 

6. Contouring Oil for Legs de Sisley Paris

Este óleo, com gengibre branco e outros ingredientes vegetais (entre extratos de plantas, óleos vegetais e essenciais), é uma das mais recentes novidades da Sisley para o corpo, incidindo, como o próprio nome indica, nas pernas. Combina vários tipos de ações, para um embelezamento total: ação drenante, modeladora, tonificante e de embelezamento.

Imediatamente, a sensação de desconforto fica aliviada. A pele fica suavizada, alisada e tonificada. Dia após dia, as pernas ficam mais leves, ao mesmo tempo que a silhueta fica remodelada (preço sob consulta).

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

20
Mar17

Trufas energéticas saudáveis

Mónica Lice

Captura de ecrã - 2017-03-17, 14.21.52.png

(Imagem via thehealthychef.com.)

 

Como já vos disse, tenho passado grande parte da gravidez a pensar em comida. Sou particularmente gulosa, mas tenho tentado evitar os doces e também o chocolate.

 

Há algum tempo atrás, comecei a usar cacau cru em algumas receitas (batidos energéticos, sobretudo), e tornei-me fã deste ingrediente, que me sacia o desejo de chocolate, mas não tem qualquer açúcar adicionado.

 

Daí até à receita de umas trufas energéticas, foi um pulinho. Depois de ver várias receitas, e tendo em conta o que tinha disponível em casa, pus mãos à obra e o resultado surpreendeu-me de tal forma que já voltei a repetir a dose.

 

Fica a minha receita, para quem quiser experimentar em casa...

 

Ingredientes:

1 embalagem de tâmaras biológicas sem caroço

1 a 2 colheres de sopa de avelãs

1 colher de sobremesa de manteiga de amendoim

cacau cru a gosto (eu costumo colocar 2 a 3 colheres de sopa)

 

Modo de preparação:

Começo por picar grosseiramente as tâmaras, colocando-as numa picadora (uso a OnionChef da Philips, mas podem usar qualquer uma que pique bem).

Quando as tâmaras já estão completamente desfeitas, junto as avelãs, aos poucos, e vou triturando sempre. Depois, coloco o cacau, bem como a manteiga de amendoim, que ajuda na ligação dos ingredientes.

Depois de tudo triturado e misturado, é hora de fazer as trufas. Vou fazendo pequenas bolinhas com as mãos, passando-as ora por coco ralado, ora por cacau, embora deixe sempre a maior parte sem nada. Há ainda quem as passe por bagas goji ou por amêndoas raladas de forma grosseira (tudo depende do gosto pessoal de cada um).

Para as armazenar, utilizo um frasco de vidro e depois guardo-as no frigorífico, onde aguentam muito bem durante vários dias.

 

Quando me dá daqueles "ataques" de fome, é só comer uma, sem pesos na consciência! Ah, e as tâmaras, para além do seu elevado valor nutricional, são boas para regular a função intestinal, o que é ótimo na gravidez (e não só).

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

09
Mar17

Crónicas de grávida #3

Mónica Lice

Captura de ecrã - 2017-03-08, 11.40.43.png

 

Vamos lá falar de um tema, que na gravidez, é impossível passar ao lado: comida!

 

Sou uma pessoa que come bem - tenho a sorte de ser bastante alta e de constuição mais magra, pelo que sempre comi muito sem me preocupar com engordar.

 

No entanto, a experiência de vida já me provou que se comer muito e não me mexer posso engordar seriamente. Aconteceu-me há muitos anos atrás, numas férias de cerca de 2 meses sozinha aos EUA, onde cheguei aos Açores francamente mais cheinha desde quando parti.

 

Na gravidez da Laura, tive alguns cuidados, mas isso não me impediu de engordar cerca de 16 quilos, que, felizmente, perdi posteriormente sem grandes sacrifícios.

 

Nesta gravidez, já aumentei alguns quilinhos... E tenho um apetite feroz, que me leva a estar a pensar em comida durante grande parte do meu tempo...

 

Trabalhar em casa também não ajuda muito. É verdade que, ao almoçar em casa, como coisas mais saudáveis do que se tivesse que comer fora todos os dias. No entanto, acabo por lanchar mais vezes do que talvez devesse, dada a facilidade com que me coloco na cozinha ou estou a abrir o frigorífico.

 

Tenho tentado apostar em snacks saudáveis, afastar-me do açúcar e beber muita água. Sopas e fruta também estão no topo das minhas preferências - com um sumo de 2 laranjas por dia, tomado ao pequeno-almoço (hábito que adquiri no gravidez da Laura e do qual já não prescindo).

 

Quanto ao exercício físico, tenho o Holmes Place à minha espera, mas o tempo é coisa que não abunda. Com a Laurinha em casa, dou por mim a chegar ao final do dia sem ter conseguido ir ao ginásio. Valem-me as caminhadas e as escadas, que faço diariamente e que sempre ajudam a manter a forma.

 

Não tenho propriamente desejos, a ponto de fazer o meu marido sair de casa em busca de alguma coisa (seja ela normal ou mais exótica), mas penso muito em pizza e, por mim, podia comê-la duas a três vezes por semana, sem qualquer dificuldade.

 

A vontade é de tal ordem que já dei por mim a preparar a massa das pizzas em casa, fazendo-as de raiz. E, por falar nisso, já se comia uma - de massa fina, claro está e só com ingredientes frescos... Nada de pizzas cheias de gordura, daquelas que se encontram em cadeias de fast food.

 

E por aí, mais alguém com desejos de pizza ou sou só mesmo eu?

 

 Imagem via foodandnutrition.org.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

02
Mar17

Macdonald Monchique Resort & Spa

Mónica Lice

IMG_2517(1).JPG

 

Quem me acompanhou no Instagram, percebeu que os meus dias de Carnaval foram passados na Serra de Monchique, mais precisamente no Macdonald Monchique Resort & Spa.

 

Foi uma escapadela de duas noites em família, que me soube pela vida. Agora, com a Laura a exigir imensa atenção e a não parar quieta por muito tempo, e com uma barriguinha de 22 semanas a crescer de dia para dia, chego ao final do dia a acusar algum cansaço, cansaço esse habitual para quem está grávida, mas bem longe do meu "normal".

 

Por isso, ter a oportunidade de relaxar um pouco, dedicando-lhe toda a atenção que merece, mas também tirando algum tempo para mim, para uma massagem relaxante (que me soube pela vida) ou para um banho na piscina interior aquecida, foi, sem dúvida, maravilhoso.

 

O Resort fica numa zona do Algarve desconhecida, até à data, para mim - a Serra de Monchique, a 20 minutos da praia e de Portimão, mas suficientemente longe para usufruir de todo o ar puro em volta do hotel, beneficiando do silêncio e da natureza.

 

Todo o hotel está dividido por suites, que se destacam pelo tamanho - enormes, com sala e uma kitchenet totalmente equipada - pelo conforto e, claro, pela vista.

 

E possui imensas infra-estruturas, que tornam a estadia muito confortável: vários restaurantes, Kids Club, piscinas interior e exterior, um spa e um circuito de águas, bares e zonas de lazer.

 

Para tornar tudo ainda mais agradável, a comida era divinal - desde os pequenos-almoços, até aos almoços e aos jantares, preparados pelo Chef Louis Anjos. Muitas opções nos diferentes menus, incluindo pratos vegetarianos e mais saudáveis, e, claro, uma sopinha de legumes preparada de propósito para a Laura, que a comia sempre sem qualquer esforço.

 

Ficam algumas fotos destes dias e a vontade de regressar, se possível no verão, para tirar partido da piscina exterior e de tudo o que o verão algarvio, em pleno serra, tem para oferecer.

 

mcd1.jpg

A Laura estava a usar peças da Boboli.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D