Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

29
Jul09

Bolhas nos pés - como evitar e tratar!

Mónica Lice
  • A Paula, que vai de férias em Agosto, enviou-me o seguinte e-mail:

Vou na terceira semana de Agosto a Paris e já sei que me esperam muitas caminhadas. Como sempre que vou de férias para alguma cidade, ao fim do 1.º dia, já estou cheia de bolhas nos pés. Conheces alguma solução milagrosa que evite isso???

  • Quem nunca sofreu com bolhas nos pés que levante o braço! Pois é... se calhar é uma sortuda e então está de parabéns. Se não o for, então o melhor é começar por ter muito cuidado com o calçado usado: sapatos confortáveis (nunca usar sapatos novos, por muito bonitos que sejam) são indispensáveis! Não têm que ser necessariamente sapatilhas - o importante é que ande bem com eles.
  • Para evitar bolhas é importante que o calçado esteja bem ajustado ao pé, de modo a não existirem zonas do sapato ou chinelo que criem fricção com o pé, o que, no final do dia, se costuma traduzir em dolorosas e inestéticas bolhas.
  • Outra forma de o evitar passa por recorrer a produtos anti-bolhas. Um desses produtos é o Stick Anti-bolhas da Compeed, que contém um lubrificante natural que reduz, de forma instantânea, a fricção dos pés nos sapatos. O mesmo é incolor e, como vem em formato stick, é de muito fácil aplicação.
  • Se já tiver bolhas nos pés, pode sempre seguir a tradicional técnica da linha, que passa por perfurar a bolha com uma agulha com linha de algodão (previamente desinfectadas), deixando um cm de linha de cada lado e por fora da bolha. Depois, deve pressionar a bolha, para que o líquido saia e deixar a linha, que evitará que novo líquido se volte a acumular na bolha.
  • Para as pouco adeptas desta técnica, existem os pensos para bolhas, também da Compeed, em 3 tamanhos diversos (pequenos, médios e grandes), consoante o tamanho da bolha. Assim, as bolhas ficam protegidas da água, da sujidade e de bactérias, ao mesmo tempo que cicatrizam mais rapidamente.
  • Se conhece mais soluções anti-bolhas, partilhe-as, por favor, aqui. A Paula agradece e os pés femininos também!

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

18 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D