Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

31
Jul09

Testado e aprovado: a gama capilar Yes TO Carrots

Mónica Lice
  • Já aqui falei da Yes TO Carrots - uma marca que chegou a Portugal pelas mãos da Sephora, e cujos produtos se destacam pelo facto de não conterem parabenos, SLS, petróleo e fragrâncias.
  • Na altura, tornou-se evidente a dificuldade generalizada de encontrar produtos capilares sem estas substâncias.
  • Neste sentido, e ao tomar conhecimento da gama capilar Yes TO Carrots, logo procurei experimentá-la, de modo a poder testar a sua eficácia, tendo em conta que não possuem os agentes que são responsáveis, por exemplo, pela espuma, frequente na maior parte dos champôs.
  • Começando pelo champô, devo dizer que de início é um pouco estranho - coloca-se uma grande quantidade e não temos espuma, pelo que a tendência é colocar mais quantidade. Aconteceu-me nas primeiras duas vezes que o usei, mas já não acontece. A consistência do produto é agradável, e torna-se fácil espalhar sobre o cabelo.
  • O mesmo é constituído, entre outras coisas, por sumo de cenoura orgânico, laranja e sais do Mar Morto. É cor de laranja e possui uma fragrância natural muito agradável.
  • O condicionador tem uma óptima textura e aplica-se sem qualquer dificuldade. Possui também sumo de cenoura orgânico, camomila e sais do Mar Morto.
  • Ambos têm meio litro de produto - o que acaba por ser um óptimo investimento (cada unidade custa €9,90), já que durarão alguns meses.
  • Neste momento, estou também a usar a máscara da gama (€12,90) uma vez por semana: a mesma possui, entre outras coisas, extracto de cenoura, mel, laranja e abóbora! O resultado? Uma máscara laranja com uma óptima textura, ideal para cabelos danificados, que é realmente eficaz.
  • Confesso que estou fã, e o meu cabelo agradece. E não sou a única - em França, por exemplo, também são muitas as fãs destes produtos, como se pode ver aqui, aqui e ali. Experimente por si e confira (e se já experimentou, deixe, por favor, aqui o seu testemunho)!

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

30
Jul09

PureLogicol (Passatempo)

Mónica Lice
  • aqui apresentei a PureLogicol - uma marca cujos produtos se destacam pelo facto de não conterem parabenos, perfume, corantes e álcool, e que disponibiliza uma gama de cuidados diários e outra, anti-envelhecimento.
  • Para além destas duas gamas, a PureLogicol disponibiliza ainda um Lip Plumper Instantâneo, que ajuda a aumentar e a suavizar os lábios, ao mesmo tempo que reduz visivelmente as linhas e rugas dos lábios.
  • E para que mais portuguesas tenham contacto com a marca, a PureLogicol associa-se ao mini-saia e tem para oferecer 3 conjuntos de produtos de cuidados diários, formados por um produto de limpeza, um tónico e um creme hidratante.
  • Para se habilitar a ganhar um dos kits, só tem que enviar uma frase que conjugue as palavras PureLogicol e beleza, para passatempo.minisaia@gmail.com, com o seu nome e morada.
  • As autoras das 3 frases mais originais receberão o kit e serão convidadas a partilhar a sua opinião no blog sobre os mesmos (depois de os experimentarem, obviamente).
  • Seja criativa e participe! Pode fazê-lo até ao dia 7 de Agosto. Boa sorte!
Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

29
Jul09

Salinas no Clube Fashion

Mónica Lice
  • Ao longo da minha incursão pelo mundo da roupa, e no que aos modelos de praia diz respeito, sempre senti um certo fascínio pela marca brasileira Salinas: os modelos são sempre giros, diferentes, com estampados que apetece usar, ou então com cortes que apetece experimentar.
  • Por isso mesmo, sabe-me particularmente bem escrever aqui sobre mais uma campanha do Clube Fashion, que começou hoje e termina a 4 de Agosto: biquinis e fatos de banho Salinas, com descontos até 50%!


  • A marca, criada por Jaqueline de Biase (num quarto da casa de sua avó, com recurso a restos de tecido que um amigo lhe havia dado), uma brasileira, natural do Rio de Janeiro, dispensa apresentações e é preferida de nomes como Madonna e Naomi Campbell.
  • Quanto à campanha, a mesma disponibiliza vários modelos de biquinis e alguns fatos de banho. Em termos de padrões, a oferta é variada, existindo também vários modelos lisos, para quem preferir. Se algum modelo lhe agradar, não pense muito, pois os modelos mais giros esgotam rapidamente...


  • Se ainda não é membro do Clube Fashion, pode inscrever-se gratuitamente aqui. Se já o é, talvez não saiba, mas pode visitar as instalações e o Showroom do mesmo no espaço recém-inaugurado na LX Factory (em Alcântara), e, desta forma, ver os produtos das campanhas ao vivo e a cores.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

29
Jul09

Bolhas nos pés - como evitar e tratar!

Mónica Lice
  • A Paula, que vai de férias em Agosto, enviou-me o seguinte e-mail:

Vou na terceira semana de Agosto a Paris e já sei que me esperam muitas caminhadas. Como sempre que vou de férias para alguma cidade, ao fim do 1.º dia, já estou cheia de bolhas nos pés. Conheces alguma solução milagrosa que evite isso???

  • Quem nunca sofreu com bolhas nos pés que levante o braço! Pois é... se calhar é uma sortuda e então está de parabéns. Se não o for, então o melhor é começar por ter muito cuidado com o calçado usado: sapatos confortáveis (nunca usar sapatos novos, por muito bonitos que sejam) são indispensáveis! Não têm que ser necessariamente sapatilhas - o importante é que ande bem com eles.
  • Para evitar bolhas é importante que o calçado esteja bem ajustado ao pé, de modo a não existirem zonas do sapato ou chinelo que criem fricção com o pé, o que, no final do dia, se costuma traduzir em dolorosas e inestéticas bolhas.
  • Outra forma de o evitar passa por recorrer a produtos anti-bolhas. Um desses produtos é o Stick Anti-bolhas da Compeed, que contém um lubrificante natural que reduz, de forma instantânea, a fricção dos pés nos sapatos. O mesmo é incolor e, como vem em formato stick, é de muito fácil aplicação.
  • Se já tiver bolhas nos pés, pode sempre seguir a tradicional técnica da linha, que passa por perfurar a bolha com uma agulha com linha de algodão (previamente desinfectadas), deixando um cm de linha de cada lado e por fora da bolha. Depois, deve pressionar a bolha, para que o líquido saia e deixar a linha, que evitará que novo líquido se volte a acumular na bolha.
  • Para as pouco adeptas desta técnica, existem os pensos para bolhas, também da Compeed, em 3 tamanhos diversos (pequenos, médios e grandes), consoante o tamanho da bolha. Assim, as bolhas ficam protegidas da água, da sujidade e de bactérias, ao mesmo tempo que cicatrizam mais rapidamente.
  • Se conhece mais soluções anti-bolhas, partilhe-as, por favor, aqui. A Paula agradece e os pés femininos também!

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Pág. 1/14

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D