Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

31
Mar09

Ataque às estrias! (dicas da mini-saia)

Mónica Lice
  • O tema estrias continua super actual, e a dar dores de cabeça a muitas mulheres, mais ou menos jovens e mais ou menos elegantes, mas também a alguns homens. Este é um problema que é mais susceptível de surgir em quem sofre fortes oscilações de peso, mas não se pense que só após uma gravidez, por exemplo, é que as ditas aparecem - o que não falta por aí são jovens, bem novinhas, já com estrias.
  • Neste sentido, nada como ir tentando perceber o que de novo há no mercado, a bom preço, e com bons resultados. A este propósito, é pertinente o e-mail enviado pela Sónia, no qual ela relata a sua actual experiência no combate às estrias:
Visto as minhas serem recentes informei-me na farmácia e ando a fazer um tratamento - que segundo a conselheira de beleza já deu resultados - que alterna Lierac/phitolastil de manhã e Elancyl/reducteus vergetures. Como o tratamento ainda é recente, não completou 20 dias ainda não posso proferir grandes resultados. Às vezes parece-me que tem atenuado a vermelhidão da pele, mas para a frente confirmo. Gostava só de os sugerir já que o primeiro eu não conhecia e pode ser uma sugestão já que nunca vi no teu blogue; muito menos conhecia a sugestão de alternar ambos. Quanto aos produtos Elancyl (e já usei vários) para mim são dos melhores que conheço. Como poderemos ter apenas uma alternativa para eliminar estrias (enquanto ainda são recentes!) gostaria de partilhar a sugestão que me deram e a qual eu considero!
  • Não existem milagres no que toca às estrias, mas também é verdade que existem produtos mais eficazes do que outros, da mesma forma que as estrias mais recentes são aquelas que mais facilmente são apagadas ou simuladas.
  • Seguindo a opinião da Sónia, a mini-saia andou a investigar os produtos Lierac e Elancyl - de modo a perceber o que ambos têm de tão especial no combate às inimigas estrias.
  • A Lierac apresenta, no combate às estrias, a gama Phytolastil, que existe em versão gel (imagem 1) e em versão ampolas (imagem 2). O gel, para além do seu preço convidativo (pode ser adquirido por €18,05, aqui), é realmente eficaz na prevenção das estrias, cuidando também delas, uma vez nascidas.
  • Para terem uma ideia da sua efectividade, estudos comprovaram que 84% das grávidas que o usaram não ficaram com estrias, após a gravidez. Aliado a tudo isto, este é um produto que não precisa de ser usado sempre, sem que, com isso, as estrias voltem a aparecer (a não ser, claro, que venha a sofrer uma mudança repentina de peso). Outro factor importante a seu favor é o de não ter cheiro: não dará náuseas a nenhuma grávida, por exemplo.
  • As ampolas Lierac Phytolastil são, já não tão vocacionadas para a prevenção, mas sim, e em especial, para a redução do tamanho e aparência das estrias - a eficácia das mesmas é elevada - estudos e provas demonstraram a sua eficácia na redução das estrias em 80% dos casos. Mas para ver resultados é necessário massajar a zona com a solução duas vezes por dia, e, no mínimo, durante dois meses.
  • Já no que diz respeito aos produtos Elancyl, há a destacar o Elancyl Específico Estrias (imagem 3) e o Elancyl Concentrado Redutor Estrias (imagem 4). O primeiro visa a prevenção e a regressão das estrias, tendo sido comprovado que em 82,5% dos casos, não se notou o nascimento de novas estrias. O mesmo tem um perfume suave, não enjoativo - mas se está grávida e costuma enjoar cheiros, é preferível usar o Lierac.
  • Quanto ao Elancyl Concentrado Redutor Estrias, o mesmo visa o combate das estrias que já apareceram - estudos comprovaram que houve uma redução de estrias em 86% dos casos. Obviamente que as estrias recentes são mais fáceis de eliminar, por isso é que este produto deve ser usado logo após uma alteração abrupta de peso, não sendo, porém, aconselhável durante a gravidez.
  • A experiência acaba por ser aquela que ajudará a ditar os resultados em cada caso concreto - só usando e experimentando, como a Sónia, é que poderá confirmar e atestar resultados. Tenha, no entanto, em atenção que as estrias, quanto mais recentes forem, mais fáceis serão de eliminar.
  • Se as suas estrias já não forem propriamente muito recentes, a luta não será certamente fácil. Mas nada de desanimar! Use, experimente, ateste e deixe aqui a sua opinião! A beleza agradece e a mini-saia também!

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

30
Mar09

Artigo no Semanário Económico

Mónica Lice
  • A pedido de algumas leitoras, coloquei aqui o artigo sobre o meu trabalho, que foi publicado no sábado, no Suplemento Outlook do Semanário Económico. Boas leituras!
Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

30
Mar09

Mesoterapia virtual/sem agulhas (dicas da mini-saia)

Mónica Lice
  • Já terá certamente ouvido falar da Mesoterapia. Em que consiste a mesma? De forma simplista, trata-se de uma técnica que funciona através da introdução de um composto activo (fármaco, homeopático ou produto natural) numa zona subcutânea.
  • Criada há cerca de 50 anos por um médico francês, a Mesoterapia tem tido um grande sucesso no tratamento de gordura localizada, celulite, rejuvenescimento cutâneo, estrias, rugas e manchas cutâneas, uma vez que, ao injectar localmente o composto activo, consegue-se uma grande concentração localizada do mesmo, potenciando resultados como nenhuma outra técnica consegue.
  • Sendo mais eficaz que a lipoaspiração, a Mesoterapia tradicional (Mesoterapia com agulhas) tem, no entanto, o inconveniente de utilizar injecções para a introdução dos compostos, causando desconforto aos pacientes.
  • Por isso mesmo, foi desenvolvida, há cerca de 10 anos, a Mesoterapia sem Agulhas ou Mesoterapia Virtual - com os mesmos resultados que a tradicional, mas sem agulhas! E como é que é possível, perguntará você?
  • Pois a resposta é simples: a Mesoterapia Virtual utiliza um equipamento que emite cargas eléctricas baixíssimas (electroporação transdérmica), e procede à abertura dos poros, de forma a infiltrar líquidos com compostos activos, sem perfurar a pele. Combina assim a eficácia da infiltração com a não utilização de agulhas, não deixando quaisquer marcas na pele, nem causando qualquer incómodo aos pacientes, podendo ser utilizada no corpo e rosto (espreite algumas das suas vantagens aqui).
  • No corpo, a técnica pode ser usada no combate à celulite, flacidez, gordura localizada e retenção de líquidos. Já no rosto, a Mesoterapia Virtual é utilizada em casos de acne, manchas, olheiras, tratamento de rugas e rejuvenescimento.
  • A eficácia desta técnica não é imediata e supõe sempre algumas sessões - só após um número variável destas, que pode ir entre as 5/7, no rosto, e as 10/12, no corpo, é que a Mesoterapia Virtual se torna eficaz, com resultados visíveis. Por isso mesmo, se estiver interessada em avançar, pense em adquirir um pack com várias sessões, sendo que cada uma delas pode durar entre 20 a 45 minutos, consoante o tratamento.
  • Neste momento, a Mesoterapia Virtual pode, de facto, ser um dos tratamentos de estética não invasivos mais eficazes. Porém, o seu sucesso está intimamente ligado à qualidade do equipamento e, acima de tudo, à qualidade e à concentração dos compostos activos utilizados.
  • Por isso mesmo, se está interessada em recorrer a esta técnica, certifique-se que escolhe um local que possua o equipamento mais eficaz na aplicação desta técnica, e que tem o nome de TDES (Trans Dermal Elektroporatie Systeem). Neste, o composto é colocado sobre a pele e um indutor do equipamento é passado suavemente por cima, até que o composto desaparece, sendo absorvido pela pele.
  • Às leitoras que já experimentaram esta técnica, a mini-saia convida-as a partilharem aqui a sua experiência e resultados. A beleza feminina agradece!

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

30
Mar09

Matthew Williamson para H&M

Mónica Lice

Em lojas seleccionadas da marca, a partir de 23 de Abril.

Cheira-me que é desta que aqui a Mónica Lice vai de madrugada para a loja do Chiado.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Pág. 1/21

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D