Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

mini-saia

O blog de Mónica Lice.

17
Fev18

O meu quarto solidário

Mónica Lice

IMG_6318.JPG

 

Quando a Conforama me desafiou a escolher o meu quarto ideal e, através desta ação, ter a oportunidade de ajudar uma ONG à minha escolha, nem pensei duas vezes!

 

Primeiro, porque sou apaixonada por decoração, e, segundo, porque pensei logo numa ONG de que gosto muito e que teria todo o gosto em conseguir ajudar, mais uma vez.

 

No que à decoração diz respeito, elegi um quarto e tentei personalizá-lo ao máximo, juntando-lhe elementos decorativos Conforama, para, desta forma, dar-lhe um ar mais pessoal e, julgo também, mais bonito e acolhedor.

 

Pessoalmente, gosto de quartos simples, em que o conforto ande de mãos dadas com o design, de modo a que o resultado final seja apaziguador e convide ao descanso. Cores fortes e berrantes, por norma, não combinam muito com o meu conceito de quarto, daí as escolhas que acabei por fazer (e que incluem MUITAS almofadas, como podem ver pelas imagens que começo agora a revelar...).

 

Quanto à ONG, pensei imediatamente na ASBIHP, Associação Spina Bífida e Hidrocefalia de Portugal, que é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que presta apoio a pessoas com Spina Bífida ou Hidrocefalia e suas famílias e com a qual já colaborei várias vezes.

 

E como é que a decoração se cruza com a Solidariedade? Eu explico...

 

A marca desafiou também a Ana Gomes, do blog A Melhor Amiga da Barbie, a decorar um quarto e a escolher uma ONG que gostasse de ajudar. E agora entram vocês. Como? Escolhendo o quarto que mais gostarem, de forma a determinar que Instituição recebe o prémio - que consiste em €1000 em produtos Conforama, à escolha da Instituição. E, ao fazê-lo, habilitam-se também a receber prémios (5 vales de desconto de €50, em compras no valor de €100).

 

Para tal, só têm de :

1. Seguir o Instagram da Conforama Portugal (@conforama_pt);

2. Seguir o meu Instagram (@monicalice);

3. Fazer like na fotografia que partilharei no meu Instagram amanhã, com detalhes do "meu quarto solidário";

4. Deixar um comentário criativo na foto e mencionar 2 amigos no mesmo.

 

A foto com mais likes e comentários vence - e a ONG vencedora será revelada no próximo dia 24 de fevereiro, sábado, a partir das 11h, na Conforama da Amadora. Eu estarei lá, tal como a Ana, ao lado dos nossos "quartos solidários", que serão desvendados na totalidade, nesse dia, e são todos convidados a passar por lá também! 

 

Se o fizerem, habilitam-se também a prémios, já que serão oferecidos através de um passatempo 5 vouchers de €50, a descontar em compras superiores a €100, em produtos na categoria de “descanso, colchões e quarto”.

 

O desafio está lançado! Ajudem-me a ajudar a ASBIHP e estejam atentas/os ao meu Instagram! Precisamos desses "likes" para ganhar! E marcamos encontro às 11h de dia 24 na Conforama da Amadora!

 

IMG_6238.JPG

 

IMG_6242.JPG

 

IMG_6245.JPG

 

IMG_6250.JPG

 

#DecoExperiencia

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

16
Fev18

Club Med Marrakech La Palmeraie #1

Mónica Lice

SAM_4081.JPG

 

Uma das coisas que me perguntaram, assim que comecei a partilhar fotos da viagem no Instagram, foi se tinha levado a bebé. A minha resposta foi um imediato "Claro que sim - o hotel em que estamos é super baby friendly".

 

Efetivamente, não tendo família por perto, não me passa pela cabeça fazer este género de viagens de lazer e não levar as minhas meninas.

 

Como já escrevi, ponderamos fazer ou não a viagem, mas o facto de irmos para o Club Med Marrakech La Palmeraie foi um fator de peso, que nos fez avançar, sem medos.

 

Para começar, optamos pelo transfer do aeroporto para o Resort e vice-versa, via Club Med. Apesar de ser perto (o resort fica a 15/20 do centro da cidade), ficamos mais descansados e a experiência do transporte não podia ter corrido melhor.

 

Depois, fiquei impressionada com o factor segurança. Já sabia que o Club Med leva muito a sério a segurança do local e das pessoas, mas, desta vez, talvez mercê do acontecimentos mundiais dos últimos tempos, notei que o controlo é muito apertado, à entrada e à saída, para além de existirem seguranças em vários pontos do Resort, que passam lá o dia e a noite.

 

Ora isso dá-nos uma segurança tremenda e acaba por ser um verdadeiro descanso, sobretudo quando se tem filhos.

 

Posto isso, o que dizer do espaço do Resort?

(Continua...)

 

cm.JPG

Eu estou com jeans Levi's, ténis adidas, camisa Scotch & Soda e a mochila porta-bebés Ergobaby Original.

Já a Laura está com mochila Tuc Tuc  e roupa C&A e Tuc Tuc.

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

15
Fev18

Marraquexe #1

Mónica Lice

Image-1-2.jpg

 

A minha relação com Marrocos começou há 11 anos - na altura, viajei, com um casal amigo, de carro, de Portugal até Bissau, pelo que percorremos Marrocos de Norte a Sul (seguindo-se Mauritânia, Senegal e, depois, a "minha" Guiné - optamos por dar a volta pelo interior do Senegal, de forma a não ter que entrar na Gâmbia, evitando possíveis problemas que uma passagem de fronteira em África com um carro europeu pode trazer).

 

A viagem foi toda uma aventura e daria assunto para vários posts. Serviu, entre muitas coisas, para me abrir os olhos para a diversidade que Marrocos tem para oferecer, desde Tânger até Dakhla, em pleno Deserto do Saara e aguçou-me a vontade para descobrir mais e mais deste país, tão próximo na distância, mas tão distante na cultura e no estilo de vida.

 

De lá para cá, já voltei a Tânger, estive no Club Med Yasmina, que adorei, e aproveitei para conhecer a cidade mágica de Chefchaouen, que, de tudo o que já vi, é, para mim, dos locais mais bonitos do país.

 

Desde que fui mãe, que a minha perspectiva em relação às viagens mudou "um bocadinho". O gostinho à aventura mantém-se, mas de forma muito mais ponderada.

 

Assim, a vontade de voltar a Marrocos, para conhecer bem Marraquexe (na viagem por terra que fiz só estive na periferia da cidade) existia, foi discutida a dois, pesados os prós e os contras, e a reserva avançou.

 

Confesso-vos que o facto de ir para o Club Med Marrakech La Palmeraie pesou fortemente na nossa decisão. Já conheço o Club Med de várias viagens, incluindo para outras zonas de África, e sempre achei o local ideal (e seguro) para levar crianças.

 

Assim, fomos descansados, mas com vontade, claro, de conhecer o centro da Cidade (ou a Medina, se preferirem), ir ao Jardin Majorelle, perdermo-nos nos Souks (o que aconteceu, efetivamente) e dar alguns passeios a pé, em zonas mais ou menos turísticas.

 

Conseguimos fazer tudo isso, com elas, e, graças a Deus, tudo correu bem. Achamos a cidade bastante segura - com o trânsito um pouco caótico, é certo - a exigir muita atenção, quer no meio dos mercados (onde as motas andam), quer, sobretudo, na hora de atravessar estradas.

 

Quanto ao Club Med, foi uma experiência brutal - o Resort/Hotel é absolutamente deslumbrante (as fotos que mostro acima foram todas lá captadas), com paisagens e detalhes de cortar a respiração, e, como sempre, senti-me/sentimo-nos literalmente em casa - usufruindo de todas as comodidades que o Club oferece para bebés e crianças.

 

Estou a preparar alguns posts, quer sobre o Club, quer sobre a viagem, para responder às dúvidas que me foram sendo colocadas através do Instagram (enquanto isso não acontece, passem por lá para espreitar as várias fotos e stories sobre a viagem que fui publicando).

 

Acompanhe também as novidades no Facebook e no Instagram (@monicalice).

Sigam-me

No facebook

Escrevam-me:

Captura de ecrã - 2016-02-17, 12.17.17.png

aminisaia@gmail.com

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D